Serviço de Orientação Educacional

Serviço de Orientação Educacional

domingo, 8 de março de 2015

Serviço de Orientação Educacional

 Março de 2015

Projeto: Bom Aluno, Bom em Tudo!!

Encerrar e iniciar novos ciclos na vida, muitas vezes, não é nada fácil. Ainda mais quando a nova etapa vem acompanhada de várias mudanças. Os estudantes do 6º ano do Ensino Fundamental vivem todas as expectativas – positivas ou negativas - quando estão prestes a iniciarem uma nova etapa. Tornar esta passagem mais tranquila e sem sofrimentos é o objetivo da equipe CEF 27.
 A mudança de segmento é uma nova realidade para os alunos, onde a participação, o senso de responsabilidade, disciplina de estudo precisam estar bem alicerçados neles. Claro que cada um vai ter um rendimento e um aproveitamento diferenciado, mas a conscientização é importante. E nosso objetivo principal é prepará-los para essa mudança. O trabalho não tem como público-alvo apenas os alunos, mas os pais também, que compartilham das mesmas angústias e ansiedades dos filhos. Os alunos têm essa ansiedade, o nervosismo pelo novo, pela mudança. E os pais não ficam imunes. Então, fazemos um trabalho com os pais para conscientizá-los de que as crianças precisam de auxílio em casa, apesar da mudança de segmento escolar e do respaldo da equipe pedagógica.
Objetivo geral 
Promover atividades de adaptação dos alunos do 6º ano e garantir avanços na aprendizagem, na postura de estudante, nas relações interpessoais e no desenvolvimento pessoal.

Objetivos específicos 
- Para os alunos: Contribuir para que tenham uma transição suave em relação a tempos, espaços, professores, materiais, novos agrupamentos e avaliação. 
Para os pais : Permitir a compreensão das mudanças que os filhos terão no plano físico, afetivo e social e firmar uma parceria com a escola. 

Tempo estimado : 1º bimestre

Desenvolvimento :

1ª etapa:
Recepção dos alunos
Nos primeiros dias de aula, toda a equipe deve ajudar na adaptação. Se apresentar para os alunos e dar boas vindas aos nossos alunos.





Voltas as aulas Galera!!!

O Serviço de Orientação Educacional deseja a todos os alunos e alunas do CEF 27 muito sucesso nos estudos.
Se  precisar de ajuda , procure o SOE.
Beijos,
Luciana Rodrigues
Orientadora Educacional

quinta-feira, 13 de junho de 2013

Parabéns a Educadora Adriana Paixão


 O SOE parabeniza a Educadora Adriana pelo belíssimo trabalho com os nossos alunos do CEF 27.
Escola usa Correio Braziliense para incentivar a leitura




Publicação: 11/06/2013 14:21Atualização: 11/06/2013 18:37

 

Alunos do CEF 27 utilizam o Correio Braziliense como material de estudo em sala de aula.

Uma educadora do Centro de Ensino Fundamental (CEF) 27, em Ceilândia, desenvolveu um projeto para a motivação da leitura e da escrita entre os alunos do 9º ano. O programa prevê atividades como a leitura de edições do Correio Braziliense em sala de aula, produção de comentários e envio para a sessão de opinião do jornal.

A iniciativa batizada de "Leitura, Escrita e Reflexão" foi criada pela professora de projeto didático da instituição, Adriana Paixão, 28. A ideia nasceu a partir de uma observação do comportamento dos alunos. "Percebi que eles estavam motivados para desenvolver atividades diferentes, que gostariam de aprender mais sobre assuntos de grande importância para todos", diz.

A primeira fase do projeto, dividido em quatro etapas, foi constituída pela leitura do jornal e pela criação de cartazes com temas de relevância para os alunos. No segundo bimestre, os alunos são incentivados a opinar sobre o que leram e enviar seus textos para o Correio. Nos próximos bimestres, serão feitas dissertações e, por fim, os estudantes criarão um jornal próprio.

Na avaliação da docente, após o início da atividade, os alunos melhoraram o desempenho na escrita, na interpretação de textos e na argumentação. "Também senti um comprometimento maior com a realidades e com assuntos importantes", explica. "Antes de iniciar essa atividade, cheguei a corrigir erros absurdos dos estudantes. Além disso os argumentos eram fracos e sem sentido."

Jovens leitores
Por achar que ler jornal era "uma coisa careta", quando o projeto começou, Fabrina Soares, 14 anos, achou que não ia se interessar pela nova atividade. "Eu achava que quem lia jornal não tinha o que fazer, eu nunca gostei, mas fui entendendo a importância. Hoje a parte que mais me atrai é a sessão de moda", contou.

O colega Moysés Santiago, da mesma idade, nunca teve o hábito de ler jornais, mas descobriu um novo interesse. "Depois que comecei a participar do projeto, me interessei pela parte de política. Agora esse é o assunto lá de casa. Eu e meu pai conversamos bastante sobre isso", relatou.

Gabriele Cavalcanti, 14 anos, planeja seguir a carreira de jornalista e sempre acreditou nas vantagens da leitura de jornais. "Nós temos que nos informar sobre tudo o que acontece." A jovem é integrante do grêmio estudantil da escola e quer implantar um jornal no CEF 27. "A gente estuda comprar uma impressora para produzir um jornal que fale sobre fatos da escola, bullying, calendário de provas, enfim, temas que interessem os alunos."

Para Germerson Marques, 14 anos, o projeto abriu a mente. "Antigamente eu dava opiniões absurdas sobre os assuntos, justamente por não entender bem o que estava acontecendo. Hoje é diferente, posso falar melhor sobre o que sai nos noticiários e dar opiniões mais precisas sobre diferentes assuntos."

SOE


        

SERVIÇO DE ORIENTAÇÃO EDUCACIONAL

Avance Sempre


Na vida as coisas, às vezes, andam muito devagar. Mas é importante não parar. Mesmo um pequeno avanço na direção certa já é um progresso, e qualquer um pode fazer um pequeno progresso.

Se você não conseguir fazer uma coisa grandiosa hoje, faça alguma coisa pequena.
Pequenos riachos acabam convertendo-se em grandes rios.

Continue andando e fazendo.

O que parecia fora de alcance esta manhã vai parecer um pouco mais próximo amanhã ao anoitecer se você continuar movendo-se para frente.

A cada momento intenso e apaixonado que você dedica a seu objetivo, um pouquinho mais você se aproxima dele.

Se você pára completamente é muito mais difícil começar tudo de novo.

Então continue andando e fazendo. Não desperdice a base que você já construiu. Existe alguma coisa que você pode fazer agora mesmo, hoje, neste exato instante.

Pode não ser muito mas vai mantê-lo no jogo.

Vá rápido quando puder. Vá devagar quando for obrigado.
Mas, seja, lá o que for, continue. O importante é não parar!!!

                                                                                     Autor desconhecido

Beijos,

Luciana Rodrigues.

segunda-feira, 29 de outubro de 2012

26 de Outubro de 2012.


ATENÇÃO!!!
Participei de uma palestra promovida pela Orientação Educacional de Ceilândia, pelo palestrante Rodrigo Nejm,da Safer Net.

domingo, 28 de outubro de 2012

17 de Outubro de 2012.

Data: 17 de Outubro de 2012.




Centro de Ensino Fundamental 27

·                Recebi do MPF gibis,livro de apoio pedagogico e marcadores de textos.

Atividades desenvolvidas com as turmas:

Ø 6º ano A – Matutino.

Ø 6º ano J – Matutino.

Ø 6º ano K – Vespertino.


Roteiro:

    Apresentação da Orientadora;

   Slides sobre o MPF (em anexo);

   Vídeo sobre o MPF

   Entrega dos gibis aos alunos;

   Marcadores de textos;

   Atividade 1 – acróstico sobre o MPF;

   Atividade 2 – desenhar o personagem que mais gostou;

   Escrever uma frase ou uma palavra sobre o MPF.



quinta-feira, 27 de setembro de 2012

"Meu sonho pode se tornar realidade"

                                                      
CENTRO DE ENSINO FUNDAMENTAL 27
SERVIÇO DE ORIENTAÇÃO EDUCACIONAL


Projeto:
Meu sonho pode se tornar realidade!!


Público- alvo: alunos do 6º ano, 7º ano, 7ª série, 8ª série e turmas de aceleração.
Justificativa: Esse projeto será realizado com a finalidade de resgatar o sonhar de cada aluno.  O sonho faz com que passamos a acreditar em coisas que muitas vezes não estão ao nosso alcance. Esse exercício mental, além de ser muito benéfico para a estimulação cerebral, faz com que tenhamos a plena consciência que tudo é possível, que nossa vida não está limitada a praticamente nenhuma regra.
Objetivo Geral:
Fazer com que os alunos e a comunidade do CEF 27 tenham a oportunidade de sonhar e acreditar que os sonhos podem se transformar em realidade.
OBJETIVOS ESPECÍFICOS:• Sensibilizar os alunos quanto à importância de sonhar;
• Estimular a imaginação;
• Estimular à escrita e ortografia;
Desenvolvimento:
& Cada Professor Conselheiro falar sobre o projeto para os alunos;
& Explicar para os alunos que o sonho é individual e pedir algo concreto. (sem delírio).
& O aluno deverá pegar a folha para escrever o seu sonho no SOE (Serviço de Orientação Educacional). Cada aluno levará uma autorização para os pais assinarem.
& Período para pegar a folha e entregar:
20 de Setembro a 05 de Outubro de 2012.
                
AVALIAÇÃO:De acordo com a participação e envolvimento dos alunos durante o processo.
RESULTADOS ESPERADOS:
Que os alunos aprendam
a sonhar, devemos sempre focar nossos sonhos em coisas boas, mesmo que estejam praticamente inatingíveis.
Tenha sempre em mente que não alcançar um sonho fará com que o mesmo possa sempre ser sonhado, já no caso dos realizados, somente será necessário criar novos sonhos.


Resultado das cartas:
Inicio de Dezembro lista com os nomes dos alunos contemplados.
Entre 10 e 15 de Dezembro entrega dos presentes.


Houve uma reunião com os professores e todos abraçaram o projeto.Meu muito obrigado a todos os educadores do CEF 27.

Cartaz no mural da escola para os alunos.